Atualizações

[COLUNA LITERÁRIA] Colleen Hoover: o fenômeno do New Adult

No mundo dos romances categorizados como New Adult nós temos diversas autoras que possuem suas obras destacadas nas livrarias, prateleiras de casa e discussões no Twitter. Anna Todd, E L James, Jamie McGuire, Elle Kennedy e Leisa Rayven são alguns ótimos nomes, mas nenhuma delas possui a mesma magia (posso chamar assim?) de Colleen Hoover. E é por isso que precisamos destacar: como e por qual motivo a CoHo se tornou esse grande fenômeno. 

Dona de títulos como É assim que acaba, O lado feio do amor, Confesse e Um caso perdido, Colleen Hoover pode ser considerada uma das autoras mais intensas que já tive o prazer de ler. Mas, o que tem de diferente em seus livros? Por que eles se tornaram tão especiais para o público do New Adult? Eu poderia simplesmente dizer que a resposta é fácil e que o motivo é uma escrita impecável e envolvente, mas tenho certeza de que, quem já teve a oportunidade de ler um livro dessa mulher concorda que é muito mais do que isso. 

A verdade é que em todos os seus livros Colleen trabalha com temas extremamente reais, necessários e delicados, ou seja, são de fácil identificação para o público, temas que qualquer pessoa fora dos livros também pode passar. O maior ponto para mim, como leitora assídua de new adults, é como com narrativas detalhadas e densas — da forma mais positiva possível, juro! — ela consegue fugir de qualquer clichê que o gênero pede, e surpreende os leitores até o último capítulo, deixando todas as nossas teorias óbvias caírem por terra. 

Além disso os personagens são construídos de forma elaborada e isso é nítido durante a leitura. São personagens com sentimentos intensos, que fazem escolhas erradas, e embora sejam cheios de qualidades, não são perfeitos — porque ninguém de verdade é perfeito né!? 

Temas tão atuais são abordados em suas histórias com uma delicadeza e sensibilidade difíceis de ler em outros lugares. Eu nem me assusto mais quando as lágrimas começam a rolar depois um livro da CoHo, ou como sempre preciso parar e respirar entre um capítulo e outro, ou quando me recolho após a leitura para refletir a mensagem passada pela história (ou os tapas na cara que acabo levando, hahaha)! 

Colleen Hoover é um fenômeno porque ela é incrivelmente boa no que faz. Colleen Hoover é um fenômeno porque trabalha com temas reais enquanto nos faz derramar lágrimas de reflexão. CoHo é um fenômeno porque é intensa, escreve com amor, escrever verdade. E ela merece ser esse grande fenômeno. 

Tainá Aguiar (@booksdatai).