Your Eyes Tell

Sinopse: Uma troca de olhares foi o suficiente para que eles se apaixonassem e mesmo com todos os empecilhos, eles haviam tentado fazer aquele relacionamento dar certo. Dois anos depois do primeiro encontro, as coisas começam a se tornar demais. Nunca seria fácil estar apaixonada por alguém de um mundo tão diferente, mas para ela era ainda mais complicado, já que seu amor era um artista mundialmente famoso e ela era apenas sua staff de maquiagem.
Eles nunca haviam precisado de mais do que um olhar para dizer que se amavam, mas em algum momento, a escuridão os havia silenciado e eles tinham se perdido. E iriam precisar se encontrar no escuro para voltar ao mundo colorido que costumavam partilhar.
Gênero: Romance.
Classificação: 16 anos.
Restrição: Palavras de baixo calão e insinuação sexual.
Beta: Regina George

Prólogo

As pessoas sempre tem muito a dizer sobre amor e sobre como encontrar um amor reciproco é como procurar uma agulha no palheiro. Eu não discordo, tive minha cota de corações partidos para saber o quão raro é encontrar alguém que te ame e te priorize. Quando nossos caminhos se cruzaram, eu não esperava que acabássemos do jeito que estávamos naquele momento, depois de dois anos.
Eu ainda lembrava de tudo o que havia sentido naquele primeiro dia de trabalho. Se eu fechasse os olhos e puxasse as memórias, iria acabar sorrindo com a lembrança das palpitações estranhas em meu coração e a forma como minhas mãos suavam enquanto nos encarávamos. Os olhos dele sempre haviam sido um espelho de sua alma e eu sempre havia conseguido compreender mais sobre os sentimentos dele com um olhar do que quando ele os proferia com palavras. Jungkook era bom com palavras, mas seu olhar carregava um universo de estrelas e sempre me diziam tudo o que eu precisava saber.
Eu era amada.
Eu era necessária.
Eu era o lar onde o coração dele se sentia seguro.
Mas em algum momento, nós tínhamos nos perdido em meio a tanto silêncio e a cada dia que passava, se tornava mais difícil olhar nos olhos dele e encontrar um espelho do que eu mesma sentia: medo, frustração e decepção.
Não pensamos que aquilo teria prazo de validade, sequer pesamos as consequências do que estávamos arriscando ao nos envolver. Tinha muito mais do que o meu emprego em jogo, mas eu nunca tinha conseguido ligar para aquilo. Não quando Jungkook estava segurando as minhas mãos atrás do meu corpo enquanto me abraçava e repousava o queixo no topo de minha cabeça, naquela bagunça de sentimentos que sempre tinha estado conosco.
Quando o abraço dele tinha se tornado tão frio como estava sendo naquele momento? Havia o calor do corpo dele ao lado do meu, mas faltava tanto. O silêncio estava pesando e eu não conseguia encará-lo. Não havíamos dito sequer uma palavra, mas eu sabia que no dia seguinte as coisas estariam acabadas.
E eu não estava pronta para dizer adeus, quando tudo o que eu queria era pedir para que ele ficasse.
Mas ele nunca dizia nada, apenas me encarava com aqueles olhos grandes e esperava que eu entendesse. Mas eu já estava cansada e queria ouvir as palavras saindo da boca dele. Jungkook moveu a mão direita para o meu rosto e suspirou baixinho quando eu desviei o olhar e me aconcheguei naquele abraço, sabendo que seria a última vez.
Eu amo você ecoou nos meus pensamentos, mas não saiu da boca dele. Ele sentia, mas não dizia. E nós dois sabíamos no que aquilo tinha resultado.

¨¨¨¨¨¨

Nota da autora: Eu disse que não ia postar nada até finalizar TACSV e novamente eu mesma engoli minhas palavras e tô aqui mais uma vez como se eu não tivesse várias histórias em andamento. Preciso dizer que essa história era pra ser APENAS fofinha e etc, mas acabou se tornando um pouco triste, mas eu espero que gostem e não me matem ahaha

Vocês podem entrar no meu grupo de leitoras no WhatsApp e no Facebook e também me encontrar no Twitter com minha conta pessoal e no fc. @graziesescreve no Instagram também!