10. Perfect Now

10. Perfect Now

Sinopse: Even when your tears are falling down, still somehow, you’re perfect now.
Gênero: Romance.
Classificação: Livre.
Restrição: Spin-off de After Twilight. Ashton Irwin é fixo como pp.

acordou naquela manhã um pouco preocupada. Seria a primeira aparição da garota depois do AMAs, onde recebeu diversas críticas sobre sua aparência. Sempre fôra confiante, mas daquela vez haviam conseguido desestabilizar a garota, principalmente ao comparar sua aparência com a das ex-namoradas de Ashton. A garota sempre amou suas curvas e seu quadril um pouco mais largo que o padrão americano, mas não podia negar suas raízes brasileiras e esse foi o motivo para receber diversas formas de cyberbullying nos últimos meses.
Sentiu algo se movimentar ao seu lado. Viu Ashton abrir os olhos lentamente e abrir um sorriso ao vê-la alí.
– Bom dia, . – Ele disse a dando um beijo na testa.
– Bom dia. – Ela sorriu doce. – O dia hoje vai ser uma loucura.
– Nem imagino como Michael esteja se sentindo. – Ele confessou. Era o dia do casamento de Michael e Crystal.
– Então faça o favor de não atrasar e encontrá-lo. Você sabe o quão especial hoje será para ele… – lembrou.
– Ele não vai se importar se eu atrasar alguns minutos. – Distribuiu beijos pelo rosto da garota, descendo para seu pescoço. – Afinal, o padrinho é o Calum… – A morena riu, se entregando ao momento logo em seguida.
De todas as coisas que mais amava em Ashton, poder ser ela mesma quando estava com ele era sua favorita. Quando ao seu lado, a garota se sentia leve e calma, como se ele fosse seu porto seguro, mas não de uma forma que causasse uma dependência emocional, e sim algo completamente saudável.
O casal finalmente levantou da cama e fez seu caminho até a cozinha para comer algo. Ashton estranhou o fato dela ter vestido novamente seu pijama, já que era comum que a garota vestisse no máximo sua lingerie de volta, e essa era uma das vistas que ele mais amava ver pela manhã. Se achava sortudo por ter achado uma garota como . Ela nunca o fazia se sentir inseguro, ela entendia a profissão que ele tinha, afinal também vivia de música, e achava simplesmente perfeito vê-la nos seus momentos criativos, e como ela se entregava a arte com corpo e alma. Dizia sempre que se alma gêmea fosse algo real, era a sua.
Após o café, subiram de volta para o quarto. Essa seria a hora que se separariam. Ashton iria para o hotel em que Michael estava para se reunir com seus amigos antes da cerimônia. Já seguiria para o local em que Crystal estava. A garota não tinha planos de se arrumar com Crystal, já que havia a conhecido depois que a data da cerimônia estava marcada e o planejamento do casamento em andamento, mas a loira insistiu que ela fosse uma de suas damas de honra.
– Ash, você acha que eu estou gorda? – Ashton se surpreendeu com a pergunta e observou a namorada parada de calcinha na frente do espelho, como se analisasse cada centímetro de seu corpo.
– Não. – Ele respondeu. – Por que a pergunta?
– Não sei, estou me sentindo estranha hoje. – Confessou. – Ontem eu tentei vestir uma calça e ela não coube.
– E o que tem de errado com isso? – Ele a questionou.
– Não sei… Não quero parecer gorda para as pessoas olharem e apontarem dizendo “nossa olha como a namorada do Ashton é feia“. – Soltou no involuntário logo se arrependendo.
– E quem é que está dizendo isso? – Ele cruzou os braços e sentou-se na cama.
– Ninguém. – Respondeu de imediato. – Ninguém está dizendo isso…

– Ashton… – Ele se levantou e a abraçou por trás.
– Tá vendo essa garota? – Apontou para o reflexo da namorada no espelho. – Ela é a garota mais bonita que eu conheço e que tenho orgulho de ela permitir que eu faça parte de sua vida. – Virou a garota de frente para ele. – Você é linda, nunca deixe as pessoas te dizerem o oposto.

chegou ao local marcado com Crystal e viu Charlotte. Agradecia aos céus por sua amiga estar alí, pois mesmo conhecendo as outras damas de honra, ela não tinha a mínima intimidade com elas como tinha com Charlie e com a noiva. Cumprimentou a loira que chorou ao vê-la. Crystal estava instável por conta do casamento. Estava nervosa, feliz, ansiosa, e por isso um simples “bom dia” estava fazendo com que ela se acabasse em lágrimas. Achava linda a relação dela com Michael e esperava que tivesse algo parecido com Ashton. Eles eram o casal mais goals que ela conhecia.
A morena observou todas as garotas à sua volta. Todas eram magérrimas. Tão magras que poderiam ser modelos da Victoria’s Secret. E então alí estava ela, com um corpo normal e sem graça. Se sentiu mal outra vez. Charlotte percebeu a reação da amiga. Sabia o que tinha acontecido depois da premiação, já que passou pelo mesmo, mas com bastante menos intensidade que a garota. Levantou-se e foi até a mesa com algumas taças de espumante e levou uma para amiga, como se dissesse “calma, nós estamos juntas”.
Logo os maquiadores chegaram e a atenção da garota foi desviada. Recebeu um elogio do maquiador por conta de sua pele. Ele disse que sua pele era uma das mais fáceis de maquiar, pois era pouco agredida por procedimentos estéticos, sendo assim não era fina. Isso deu uma levantada na autoestima da morena. A vez da cabeleireira chegou e ela optou por um penteado simples, composto por duas tranças laterais que se encontravam atrás da cabeça, se juntando com o restante do cabelo que estava solto e ondulado. Olhou no espelho e gostou do que viu.
A hora de se vestir finalmente chegou. Vestiu o vestido azul bebê. Ele tinha um decote singelo, mas que valorizava seus seios, e uma saia longa com um tecido leve. Calçou seus saltos prateados e completou o look com algumas jóias Swarovski também de cor prata. Estava dando os últimos retoques quando ouviu a voz chorosa de Crystal dizendo o quão bonitas todas suas damas de honra estavam. se emocionou ao ver a loira com seu vestido branco. Nunca havia pensado em casamento ou então na possibilidade de casar, mas naquele momento o que ela mais queria era poder vestir um vestido como aquele e dizer “aceito”.
Todas as madrinhas desceram os andares do cerimonial até onde o casamento iria ocorrer, e se reuniram em uma sala. Ouviram a música que marcava a entrada do noivo e de seus padrinhos. Assim que finalizada, posicionaram as oito damas de honra em uma fila, entregaram uma rosa branca a cada uma e Crystal se posicionou logo no fim da fila segurando um buquê de lírios. O instrumental começou a tocar e foram entrando uma de cada vez, com todo o cuidado para que a noiva não fosse vista antes da hora. Os olhos de Ashton brilharam ao ver e, naquele momento, ele percebeu que ela era a mulher de sua vida. O momento dos votos foi emocionante para todos. Era notável o quão puro era o amor dos noivos.
Todos seguiram para o salão de festas após a cerimônia. Tiraram algumas fotos e logo todos estavam acomodados em suas mesas. Na mesa se encontravam Luke, Charlotte, Ashton, e alguns amigos dos casais. O jantar foi servido e a garota mal comeu. Estava com fome, mas algo em sua cabeça a dizia para não comer, e a sua vontade era de chorar. Ashton estranhou a reação da garota, já que uma das coisas que mais gostava nela era o fato de ela não ser obcecada por dietas. Olhou para Charlotte com uma grande interrogação, e a amiga apenas suspirou fundo. Ele sabia que havia algo errado e ela não queria o contar. chamou Charlotte para a acompanhar ao banheiro e Charlie sussurrou algo no ouvido de Luke antes de deixar a mesa.
Mate, você não sabe o que está acontecendo? – Luke chamou atenção de Ashton.
– Como assim, Luke? – Ele devolveu uma pergunta.
– Eu que quase não estou presente nas redes sociais vi, e você que está sempre lá não tem ideia. – O loiro começou. – Depois eu que sou o lento…
– O que você está falando? Para de enrolar. – Ashton ficou sério e cruzou os braços.
– Você percebeu uma mudança no comportamento de nas últimas semanas? – Ashton assentiu. – Ela está sofrendo cyberbullying simplesmente por ser sua namorada. Charlie também passou por isso, mas ela conseguiu se abrir comigo. Estão a chamando de coisas horríveis na internet e ela ainda tem sido forte em aguentar tudo sozinha. – Agora tudo fazia sentido na cabeça de Ashton. As perguntas sobre o corpo, a falta de apetite… Abriu o perfil da garota no Instagram e foi direto aos comentários de suas fotos.

“Morra vadia gorda”
“Você é uma das garotas mais feias que eu já vi, não sei o que Ashton vê em você”
“Bryana era muito mais bonita e magra, Ashton caiu de nível”
“Deve ser muito boa de cama, porque a beleza passa longe”
“Aposto que é stunt, não tem como ele gostar de um ser desprezível como esse 🤮”
“Alguém pare esse PR!!!!!”

Ashton se sentiu péssimo por ver comentários como aqueles, e se sentiu pior ainda por ver que metade deles eram feitos por suas próprias fãs.
– Quando essas coisas começaram? – Ele perguntou.
– Logo depois do ARIAs. – Soltou um suspiro fundo. – Charlotte passou dois dias sem querer sair da cama.
– Não gosto desse tipo de coisa, Luke. Isso é ridículo! Não podemos ter namoradas agora? Tudo é PR? – O rapaz estava revoltado.
– Eu realmente não sei o que passa na cabeça dessas pessoas, e é exatamente por isso que eu tenho me afastado da internet e até mesmo das nossas fãs. – O loiro ajeitou o cabelo. – Elas estão voltando, vamos tentar não falar sobre isso, porque você sabe que só vai fazer ficar pior.
– O que perdemos? – A morena deu um selinho no namorado ao sentar na mesa.
– Não muito, só o seu namorado fazendo as mesmas piadas bestas de sempre. – Luke mentiu.
Crystal e Michael abriram a pista de dança logo após o jantar. A valsa que dançaram foi linda de assistir e foi difícil acreditar que Michael havia conseguido dançá-la, pois era completamente descoordenado quando não se tratava de sua guitarra. A banda contratada começou a tocar e logo todos se animaram e começaram a dançar também. Luke e Charlotte foram uns dos primeiros a se juntar aos noivos. estava sentada na mesa observando as pessoas felizes dançando. Não conseguia evitar o sorriso. Ashton queria estar junto dos amigos dançando, mas não queria deixar a namorada sozinha, ainda mais sabendo do que estava se passando em sua cabeça. continuou a observar alguns casais e sua atenção foi direto para Crystal. Observou o corpo da amiga e só conseguia pensar no tamanho do manequim da garota. Ela gostaria de ser magra daquele jeito, mas nunca conseguiria pois sua estrutura óssea jamais permitiria que ela coubesse num manequim trinta e seis.
Babe, vamos dançar? – Ashton a convidou assim que ouviu uma música lenta começar.
– Eu não estou com vontade de dançar. – Ela deu ombros. Ele sabia que era mentira.
– O que está acontecendo, , conversa comigo. – Ele pediu. – Você ama dançar e nunca recusa um convite para isso. – Ele observou os olhos da garota encherem de lágrimas.
– Não tem nada acontecendo, meu amor, não se preocupa. – Ela pôs a mão no rosto do namorado fazendo um carinho com o polegar.
– E por que você está assim, então? Eu consigo ver nos seus olhos que você está triste. – Ele soltou e a garota não se segurou. Levantou da mesa e saiu andando na velocidade máxima que seus saltos permitiam.
achou uma sacada no cerimonial. Estava vazia e era o lugar perfeito para que ela pudesse sentir sua tristeza. Nunca imaginou que fosse sofrer esse tipo de abuso apenas por ser ela mesma. Não entendia como algumas pessoas podiam odiá-la só pelo jeito que seu corpo era, ou então pela forma que usava o cabelo…
. – Ashton a alcançou. – Meu amor, por favor, conversa comigo.
– Eu não consigo Ash, dói demais… – Ela sentiu uma lágrima escorrer por sua bochecha. – As pessoas, elas estão dizendo coisas horríveis sobre mim… Estão destacando minhas principais inseguranças. Eu sempre acreditei que pudesse lidar com esse tipo de assédio, mas às vezes eu sinto vontade de ser a garota desconhecida que cantava em bares aleatórios em Los Angeles. – Ouviu a confissão da garota e se sentiu mal. Sabia que o sofrimento que a garota estava vivendo era causado por suas fãs e estava disposto a fazer qualquer coisa para reverter a situação. – Eu nem gosto mais do reflexo que vejo no espelho.
, você é linda. Eu gostaria que você pudesse se ver pelos meus olhos. – Ashton soltou. – Até mesmo agora, chorando, você consegue ser linda. – A garota deu um riso fraco. – Você é bonita, não só por fora, mas como por dentro também. Nunca conheci alguém que tivesse o coração tão puro, tão bom como você. A forma que luta e vai atrás dos seus objetivos é fantástica. Todo dia você me motiva a ser uma pessoa melhor e eu sou grato por ter encontrado alguém como você. – A essa altura os olhos da garota já estavam inundando, e ela tentava ao máximo se conter para não borrar a maquiagem. – Às vezes nós vamos a alguns lugares juntos e as pessoas ficam olhando para você, sinto ciúmes porque sei que estão admirando sua beleza. Todos temos inseguranças, ou você acha que eu não tenho medo que vá me trocar por uma versão mais nova e mais malhada? – Ela revirou os olhos.
– Não seja ridículo, Ashton, você sabe que não me importo com essas coisas. – Ela o puxou para um abraço. E ficaram abraçados, olhando um no olho do outro. – Eu te amo do jeitinho que você é.
– E eu também amo você do jeitinho que você é, nunca mude, por favor. – Colou suas testas. – Você é perfeita.
– Perfeita é uma palavra muito forte. – A garota o corrigiu.
– Você é perfeita para mim. – Roubou um selinho. – Prometo que vamos superar isso juntos. – A morena assentiu e sentiu o namorado tirar o celular do bolso. Ele se afastou até a porta, procurou por alguém, mas não encontrou ninguém. Se aproximou um pouco da garota e apontou o celular para ela.
– O que você está fazendo? – Ela colocou as mãos na cintura.
– Tirando uma foto sua. Agora faz uma pose bem bonita. – Ele disse.
– Você sabe que eu sou péssima com isso. – Disse rindo um pouco.
– Então pense no que vai acontecer assim que a gente chegar em casa e eu tirar esse vestido. – Ashton disse arrancando uma gargalhada da garota, e foi exatamente nesse momento que ele conseguiu a foto que queria. Onde a garota esboçava uma felicidade genuína. Abriu o Instagram e começou a digitar algumas palavras.

“Essa é . Vocês não imaginam o quão sortudo eu sou por tê-la encontrado. Todos os dias tenho medo de perdê-la, então não passo um dia sequer sem tentar reconquistá-la. Se eu conseguisse pôr em palavras tudo o que ela significa para mim, com certeza eu excederia o número de caracteres para o post… Então vou me limitar a dizer que ela é perfeita com todas as suas imperfeições. E é claro que ela pode não ser perfeita para você, mas ela definitivamente é perfeita para mim.”

Ashton postou a foto sem mostrar a legenda para ela, a deu outro abraço e roubou um beijo rápido.
– Nós podemos dançar agora? – Ele pediu calmo ao ouvir a música animada tomar conta do local.
– Podemos sim. – Ela deu um sorriso singelo enquanto sentia o namorado segurar sua mão e a guiar até onde seus amigos estavam.
Passaram a noite se divertindo e rindo, esquecendo de tudo que acontecia fora do mundo em que estavam submersos. Ashton se sentia sortudo por ter em sua vida, e sabia que enquanto ele estivesse ao seu lado, ela estaria segura.

FIM
Nota da autora: Me digam por favor o que vocês acharam dessa história, porque eu to bem boiolinha com ela kkkkkk eu queria escrever algo fofinho com essa música, e na minha cabeça atingi o objetivo… Nesse mês uma das minhas cantoras favoritas deixou a Little Mix por conta da pressão estética, e achei esse um tema muito pertinente de se tratar… Como uma pessoa que sofre com dismorfia corporal venho nesta nota pedir que, se você não tem nada a acrescentar positivamente na vida de alguém, evite críticas que possam deixar a pessoa pra baixo… Às vezes não há reparo para os danos causados com um inocente “você fica mais bonita magra”… E só quem sente na pele como é não gostar do próprio reflexo sabe o quão doloroso isso é…

Insta:  @amandar_autora | twitter: @amanda_ritis