15. Back To You

15. Back To You

Sinopse:  “… Eu irei voltar para você…”
Suas vidas se cruzaram mais uma vez, e você tem que resolver os problemas do passado, ao qual, Louis Tomlinson tem sonhos que o fizeram desejar volta para ela.
Gênero: Drama e Romance.
Classificação: +14
Restrição: características físicas
Beta: Sharpay Evans

Capítulo Único.
“Não posso mais ficar com você”.
Rumores diziam que ela ia se casar, os lábios se franziram, porém conteve sua própria emoção.
Ela ia se casar? O copo de quebrou em sua mão, o sangue escorreu pelo minúsculo ferimento, enquanto o desespero em seu coração tomou cor, enquanto o sangue caiu sobre o chão de madeira nobre.
Ela ia se casar? Ela ia se casar? Quanto tempo fazia desde que ele a virá? Um bom parte de dias, o mesmo havia prometido que jamais iria se casar sem ser com ela, ele apenas jogou os restos do corpo e os panos no chão, apertou os lábios, enquanto sentiu todas as emoções.
Ela ia se casar.
Os rumores tomavam forma, enquanto a menina se tornou a Marquesa da Casas de Gu, a mesma não iria olhar para trás, para um amor que levou todo o seu coração a cacos de vidro.
Enquanto os preparativos para o casamento corriam de vento e polpa de acordo com as más línguas, Heng encarou as fofocas pela rua da capital do Império, e apertou os lábios ao pensar que ele perderá a mulher que amava por sua imprudência.
Ele apenas se sentou no chão do quarto, enquanto pensava que talvez não fosse tão importante quanto o homem que seria o marido dela, mas ele sabia do porque está tão ansioso.
Ele sempre voltava para ela.
Mas sempre a deixava depois de todas as promessas falsas, Heng se lembrava de como aquela relação começou, entre as risadas compartilhadas entre si, os sonhos inexplorados.
De um amor não correspondido, ela se tornou a segunda opção, ele amava tanto ao ponto de ter feito de tudo por ela, mas foi tarde demais.
Ele sabia que era uma imoral, quando se relacionou com ela, mas os desejos mundanos haviam feito ele enlouquecer, ao ponto de saber que ele jamais seria dela quando a princesa o quis, porém, porque ele sempre voltava para ela no final do dia? E vestiu o camisa mecanicamente, enquanto tais pensamentos vieram para ele de como ele deveria ter lutado mais.
Porque ele se rastejava por ela? Enquanto apenas percebeu quando tomou o lugar dela.
É uma promessa quebrada de tal maneira que Jia não poderia se lembrar sem chorar, Heng sabia que ele havia feito ela chorar mais do que qualquer outra pessoa.

“Eu irei te encontrar numa próxima vida.
Eu voltarei para você”.

Ele acordou.
Jia? Quem era Jia? O rapaz de cabelos escuros encarou o espelho, Louis sentia o sangue e adrenalina ao perceber a imagem da mulher de cabelos longos em trajes tradicionais chineses, a mesma tinha uma risada tão suave, os olhos gentis, ele balançou a cabeça.
Estava pensando demais, era apenas um sonho, enquanto apenas desceu da cama, ouvindo os passos do lado de fora.
Enquanto a garota do outro lado da cidade acordava.
—… Heng?
encarou o teto, as imagens de um local que ela jamais esteve em sua vida, enquanto percebeu a figura do homem desenhado de maneira apaixonada.
Quem era você, Heng?

X

Quem era você, Jia?
Louis fechava os olhos, e a menina de vestido branco aparecia em sua mente, a mesma tinha os olhos tão grandes e derretidos que fazia ele querer segurar ela para si, apenas suspirou profundamente, enquanto tentou inutilmente se concentra na letra da música, porém a imagem de Jia surgia em sua mente.
Os olhos dela chorando quando a deixou no Pavilhão Jinxie, das palavras dela quando ele tentou tomar como sua esposa, mas Sheng Jia sempre soube que ele jamais seria dela, Louis apenas encarou as mãos.
Como ele pode tê-la deixado ir? Ele amava demais, sonhava demais, porém, a covardia de fugir com ela e desgraça o nome de sua família em seu sonho parecia reais demais, ao fato de que ele jamais poderia rever seus pais, Louis sentiu a agonia quando o último beijo foi dado, quando a última emoção que sentiu por Jia foi de saudade em seu peito, ao qual, sua então segunda esposa tentava tomar tal lugar.
Sem sucesso.
Louis parou, o ardor do frio, enquanto encarou a varanda do prédio, o sonho era real demais, demais, até mesmo o toque quente da mão dela era real demais, dos lábios dela sobre sua mão quando ele se machucou, das palavras ácidas quando se separaram para sempre, todas aquelas emoções pertenciam a Heng, e não a ele, mas ele sabia do porque sentir tais cosias ao ponto de considerar seu castigo relembrar.
Apenas parou, quando percebeu a pessoa ali, os cabelos tão negros com o roxo nas pontas, porém tão quanto o breu, os olhos fechados, enquanto como se um ímã os atraísse, a garota de cabelos escuros vestida de branco estava a sua frente.
A expressão dela parecia analisar o rosto dele atentamente, como se pudesse ler ele, porém, se virou, antes que pudesse controlar sua voz deixou escapar a palavra sofrida.
Jia?
A voz a parou, aquele homem não tinha nada de seu sonho, mas a voz dele, aquela maldita voz pertencia a ele, se virou, a mesma sentiu as lágrimas descendo por sua face, a dor de cabeça veio, e ela ficou tonta.
Perdendo os sentidos.

X

Passado.


Jia vestia um vestido branco, enquanto ouvia os cochichos pelas suas costas, a mesma havia sido trocada pela princesa de terceiro nível, as comparações entre as duas eram claras como água, enquanto uma vinha da nobreza, com status, e Jia… Uma filha ilegítima que não poderia ter audácia de estar no mesmo nível social que Qi Heng, a mesma não tinha nada, e nem ninguém que pudesse se apoiar, após a rebelião, enquanto sua avó procurava um casamento favorável e que ela tivesse dias tranquilos.
Ela sabia disso, porém, seu coração mergulhou naquela água clara sabendo que não poderia ter tal audácia, a mesma respirou fundo enquanto apenas encarou a pequena e simples ornamento de cabeça, enquanto sentiu a mão sobre sua, o mesmo lhe encarava seriamente, desde quando o Segundo Mestre da Família Gu se importava, mesmo que Gu Tinyie fosse o tipo de pessoa que Jia admirava, e o mesmo tê-la salvado uma dúzia de vezes, ela lhe devia demais.
—Pensou na minha proposta.
—Segundo tio, como pode pensar em tais coisas? Não acha que está ultrapassando.
—Se casar comigo é status, Jia.
—Se casar com você é… Porque quer tanto se casar comigo? Até mesmo armou para minha quinta irmã? Você… Você… Segundo tio, como você pode fazer isso com jovem mestre?
O sorriso de Gu era estranho, enquanto a mesma se virou, Jia apenas tocou no ornamento enquanto sentiu os dedos sobre sua cabeça, o símbolo da Fênix visto por todos, enquanto o homem suspirou.
—Porque eu irei proteger você, irei honrar você, apenas confie em mim, Jia. Qi Heng teve a chance dele. Me dê a minha.
Jia franziu o cenho, enquanto percebeu a figura deixando algumas frutas caindo, a mesma percebeu o olhar triste de Qi Heng, porém…
Ela sabia que não poderia ficar com ele, enquanto apenas encarou o homem que pedia sua mão em casamento.
—Eu aceito.

apenas arfou, enquanto percebeu o quadro, a sala branca enquanto o homem segurando sua mão firme, os olhos castanhos descendo por sua face, enquanto reconheceu Louis Tomlinson.
O que estava havendo? Seus dedos sem qualquer controle apertavam os dele, ao mesmo tempo em que os olhos azuis se abriram, o homem apenas se apressou em segura mais firme a mão dela.
—Você está bem? Esta doendo? Quer eu chame a…?
—Você é o Heng. Não é?
Talvez ela estivesse louca, e mesmo que fosse, porque ela deveria estar com ele, enquanto apenas se afastou, se lembrava de tudo, como ela pode se lembrar dele? Mesmo que o amasse, Gu Tinyie fora duas vezes melhor que ele, mas sentia aquele coração traidor bater descompensado em seu peito, enquanto pensava em toda a vida que reviveu em poucas horas, as tristezas da vida não eram nada ao doces momentos em que Gu Tinyie esteve ao seu lado.
—Você foi feliz? Com o segundo tio.
A voz soava suave, enquanto Louis apenas se ajeitava sobre a cadeira, a mesma percebia o rosto dele pálido, ao mesmo tempo em que a voz dele soava.
—Heng era um idiota. Ele amava… Você…quer dizer, Jia, ele amava tanto ela que enfrentou a mãe dele, porém… – Louis pareceu analisar suas palavras, com cautela e cuidado – A terceira princesa disse que iria matar ela, matar toda a família dela, matar todos que estivessem no caminho caso ele não se casasse com ela. Sabe como isso quebrou o coração dele?
—Ele devia ter explicado. Mesmo que não pudesse explicar, ele devia… – não riu, as palavras dele eram sérias – Ela foi feliz. Ela foi tão feliz, quanto pode, ele a fez feliz, jamais a deixou de lado. E ela o amou, ela foi apaixonada por toda a sua vida por ele, e isso foi uma dádiva para ela. Não se arrependa. A vida dela foi feliz. Agora…
—Eu voltei para você.
parou, os olhos fixos nele.
—O que…?
—Quando eu estava morrendo, cercado dos meus filhos, netos e de todos que estiveram comigo… eu desejei ter ver de novo. Pedi a Divindade que me desse a chance numa nova vida, para ver você. Eu pedi a Divindade que eu pudesse te amar de novo, que eu pudesse te fazer feliz… Então eu voltei para você. Eu quero voltar naquele tempo, e mudar tudo, mas não posso mudar o passado, mas essa vida, ela pertence a você. Eu sei que devemos deixar as dividas de vidas passadas para trás, mas… Eu voltei para você. E não vou deixar você ir. Não quero. Então, por favor, não me afaste.
—Saia.
A voz soava sofrida, enquanto a mulher de nome parecia perturbada com tais pensamentos.
—Por favor, saia.
Quando você ama alguém, essa pessoa tem um pedaço de si, sempre soube que não poderia amar ninguém como amava Eddie, porém, aquele homem remexia com algo que nem mesmo ela entendia, e muito menos queria entender, apenas deixou que sua respiração se acalmasse, enquanto pensava que não poderia amar ninguém além de Edward.
Ela pertencia a ele.
Assim como ele pertenceu a ela, mas Louis Tomlinson mexeu em uma parte de seu coração morta, enquanto apenas encarou ele parado ao seu lado prestes a ir embora, enquanto pensava que não poderia haver tais coincidências, apenas o puxou pela mão, antes que pudesse pensar em seus atos, o beijo ocorreu de forma inesperada, enquanto a mão segurou firme a sua como se pudesse prender para sempre a si.
—Você não irá embora?
Jamais.
Enquanto Louis Tomlinson apenas se afundou no cabelo dela, enquanto sussurrou.
—Eu voltei para você.
Fim¹

¹Continuação em uma outra fanfic.

Notas da autora: oi oi oi,
Na vibe de Back To You e amor através do tempo, eu acabei escrevendo essa short com amor e carinho.
Espero que gostem!