All You Had To Do Was Stay

All You Had To Do Was Stay

Gênero: Romance.
Classificação: Livre.
Restrição: Parte 2 de My Everything, mas pode ser lida normalmente. Harry Styles é o PP.
Sinopse: Harry e Tallie namoraram quando jovens e tiveram um termino ruim. Por conta do aniversário de 10 anos do One Direction eles se reencontram e acabam decidindo por as cartas na mesa.

Capítulo Único

Abri a porta da clínica e segui até minha sala. Enfim era hora de voltar ao normal.
Depois da tempestade sempre vem a calmaria, mas eu estava acreditando que aquele era apenas o início de todo o temporal que estava chegando mais uma vez, com nome e sobrenome: Harry Styles.
Todos esses anos tendo plena certeza de que eu havia superado tudo o que sentia por ele havia ido por água abaixo assim que ele disse todas aquelas coisas para mim. Me perdoa. Eu fui imaturo, inconsequente. Não devia ter feito o que fiz contigo. Perder você me fez abrir os olhos para a realidade. Essas palavras ressoavam pela minha cabeça incessantemente. E eu quero acreditar que ele mudou. Que hoje ele está mais maduro. Que as coisas serão diferentes, mas quanto mais eu penso nisso, menos eu sei.
? – Hazel entrou no meu consultório pronta para passar a agenda do dia. – Você está bem? – Minha cara deveria estar um lixo.
– Sim, estou. – Na verdade vou ficar. – O que temos para hoje? – Tirei o jaleco de dentro do armário e o vesti.
– Nossa primeira paciente de hoje é Molly, uma gatinha que está grávida. Ela veio fazer uma ultrassonografia. – Sorri largo. Haviam pouquíssimas coisas que eram capaz de melhorar minha vida em 100%, e uma delas era cuidar dos bichinhos que chegavam na clínica.
– Pois a mande entrar! – Hazel saiu da sala saltitante.
Passei a manhã toda atolada de trabalho, mas sempre que havia um intervalo entre um paciente ou outro, eu checava meu celular. Nenhuma nova mensagem. Ele queria tentar de novo… Por que não mandava uma mensagem sequer?
O almoço com Hazel foi descontraído como sempre. Ela era mais do que a secretária da clínica veterinária, e sim uma das minhas melhores amigas. Hazel sabia de todo o ocorrido do fim de semana na festa dos 10 anos da One Direction, e como havia sido a sensação de reencontrar Harry, bem como todas as palavras que ele disse. Eu sei que estou sendo muito ansiosa, afinal nós conversamos no sábado, mas parte de mim gostaria de que ele já tivesse entrado em contato comigo.
Voltamos para a clínica e eu segui direto para o consultório. Precisava arrumar as coisas que tinha deixado espalhadas por conta de um pastor alemão que estava com diarréia. Ouvi duas batidas na porta, mas nem olhei para ver quem era, já sabia que era a ruiva que trabalhava comigo.
-Haz, quem nós vamos atender agora? – Estava lavando as mãos na pia.
– Eu não trouxe nenhum pet. – Ouvi sua voz rouca. – Aliás, como você sabia que era eu?
– Haz é de Hazel, Harry, não de Hazza – Expliquei ainda sem virar. – Como você sabia que eu estava aqui, e não almoçando? – Virei e meus olhos viram um buquê de girassóis em suas mãos.
– Eu procurei no Google o horário de funcionamento da clínica, , não é tão difícil sabe?! – Ele brincou. – Aqui, são para você. – Me entregou as flores.
– São lindas, Styles, obrigada. – Disse ainda encantada com todo o amarelo daquelas flores. Apenas as deixei sobre a mesa, afinal não havia nenhum lugar que eu pudesse colocá-las. – O que te traz aqui? Até onde eu sei você não tem nenhum animal de estimação…
– Eu pensei em mandar mensagem para você, mas eu não tinha seu número. Eu pedi a Eleanor, mas ela disse que, dessa vez, eu teria que fazer tudo sozinho. – Ri anasalado por imaginar a cena. – Te mandar algo no Instagram também não me pareceu bom, então…. Aqui estou eu.
– Justo. – Olhei para o chão. Eu estava tímida.
– CLIFFORD, NÃO! – Ouvi um grito e um labradoodle preto entrou correndo pela porta.
– Cliff? – Ele pulou nas pernas de Harry, como se quisesse brincar. – Ei, garoto!! – Agachou e começou a brincar com o cachorro.
, me desculpa, eu vim para con… Styles? – Eleanor parou na porta, em choque. Olhou para o buquê na mesa, depois para Harry e, por fim, para mim. Ela queria explicações.
– Calder. – Ele se levantou. – Você não quis me passar o numero dela. E você…?
– Vim trazer o Clifford para uma consulta. Estamos numa clínica veterinária, Styles. – Ela rolou os olhos.
– Els, o que o Cliff tem? Ele parece muito bem. – Decidi cortar a tensão que estava começando a surgir.
– Nada. – Disse rápido. – Eu vim conversar com você. Mas agora que o bonitão está aqui, eu volto outra hora.
– Eu acho bom os dois irem. Eu estou no horário de trabalho! – Eles concordaram e Eleanor me mandou um beijinho no ar, e pegou a corrente de Clifford.
– Você está ocupada hoje a noite? – Harry perguntou, se aproximando de mim.
– Nada que eu me lembre.
– Janta comigo? – Ele lançou o convite. Estávamos a menos de um metro de distância, e ele ajeitou uma mecha do meu cabelo.
– Pode ser. – Dei ombros. Sabia que essa não era a resposta que ele queria, mas não alimentaria mais seu ego. – Às oito? – Ele assentiu. Harry se aproximou mais, dando-me um abraço apertado. Eu não queria que ele me soltasse, pois sentia falta da firmeza em que seus braços me seguravam. Ele afrouxou um pouco o abraço, olhou em meu olhos e fez o caminho para dar-me um beijo na bochecha. Por impulso meu rosto virou, e acabamos tocando os lábios, num selinho extremamente rápido. Se afastou de mim com o maior sorriso. Ele estava feliz. E eu estava envergonhada.
– Até mais tarde, .
– Até, Harry. – Deixou a clínica, recebendo olhares de algumas pessoas que estavam ali.
Passei o restante da tarde sendo bombardeada por perguntas de Hazel. Não podia a culpar, ele havia aparecido aqui. Eu também tinha minhas dúvidas. Mas eram mais profundas e sentimentais. Afinal, pessoas como Harry sempre querem de volta o amor que descartaram, porque faz bem para seu ego. Mas até que parte ele estava sendo sincero quanto a seus sentimentos? Eu sei que ele teve diversas namoradas… Kendall Jenner, Cara Delevingne, Camille Rowe. Todas elas são modelos. O que ele iria querer com uma veterinária?
Em contrapartida, algo dentro de mim insiste em manter-se firme, porque até onde me lembro, Styles é muito instável, inconsistente. Isso é o que mais assusta. Instabilidade não é o que eu estou procurando agora, no auge dos meus vinte e oito anos. Eu quero um relacionamento sério, quem sabe um casamento no futuro? Filhos… Eu sei que ele não pode me dar essas coisas, porque está muito ocupado com sua carreira musical. Eu passei anos recolhendo cada pedacinho que ele quebrou, e agora, quando eu estou finalmente bem, ele volta.
Eu costumava dizer que era daquele tipo de pessoa que vai embora para sempre quando diz adeus. O que havia mudado em mim? E era o que ele queria. Deveria ser tarde demais para ele. Por que eu estou aqui considerando dar a segunda chance? Senti meu celular vibrar com uma mensagem de Harry.

+44 20 7336 8898
Acabei de fechar nossa reserva. Vista um vestido bonito e saltos. H x


Harry, é segunda feira. Não estou no humor para locais chiques. Podemos ir em um lugar mais tranquilo?

Harry S
Com certeza, .

Não menti, não queria ir para algum lugar que nós fôssemos ser as atrações principais, como algum circo ou concerto. Ainda mais sem saber ao certo o que aconteceria.
Fechei a clínica e fui para casa. Com sorte chegaria em casa com uma hora para me arrumar, mas o trânsito não estava ajudando. Parada em um engarrafamento, o mandei meu endereço atual.
Cheguei em casa faltando 30 minutos para às oito. Precisava fazer um milagre para estar pronta no horário, e conhecendo Harry, ele estaria buzinando na frente de minha casa com pelo menos dez minutos de antecedência. Por sorte meu cabelo estava limpo, então tomei um banho rápido e vesti um vestido midi simples turquesa, coloquei alguns acessórios e calcei um salto não muito alto. Para maquiagem, apenas passei um pó, rímel e um batom rosado.
Oito horas em ponto ouvi minha campainha tocar. Sabia que era ele. Nunca se atrasava um segundo sequer. Respirei fundo e abri a porta o encontrando. Ele estava lindo como sempre. Vestia uma calça preta de alfaiataria, uma blusa social rosé e um blazer, também preto, que estava aberto, dando visibilidade a blusa. Seus olhos me checaram por completo e sua boca se curvou num sorriso mínimo e involuntário.
– Você está linda, . – Soltou ao encarar meus olhos.
– Você também, Styles. – Sentei-me no banco do carona.
Entramos no carro e seguimos para um restaurante acolhedor no centro de Londres. Não era o encontro chique que ele queria, mas ainda assim estávamos num restaurante três estrelas Michelin. Era um lugar com decoração rústica e com luz baixa, ideal para a proposta do jantar, afinal, não queríamos ser incomodados.
Sentamos na mesa reservada e fizemos o pedido. Começamos a conversar sobre tudo o que aconteceu desde que paramos de nos falar. Eu sentia saudades de ter Harry em minha vida e isso era um fato. Ele nunca me julgava, era a pessoa mais aberta que conhecia e, além disso, era uma pessoa incrível para se ter primeiras experiências…
, posso ser sincero? – Ele perguntou do nada.
– Claro que sim, Harry. – Respondi calma.
– Eu gostaria de saber o que você sentiu quando eu terminei contigo. – Sua voz pesou.
– Para que? Para amaciar seu ego? – Respondi um pouco rude, e meus olhos reviraram involuntariamente.
– Não. – Ele respirou fundo por um segundo e tornou a falar. – Eu fiquei numa situação deplorável. Acabei usando e abusando de entorpecentes e os meninos estavam preocupados. A vida na estrada não é fácil, e você sabe porque me acompanhou em alguns momentos, então eu achava que estava tudo bem. Hoje eu consigo perceber que aquilo não era vida. Louis se afastou de mim, eu briguei feio com o Zayn, Liam acabou ficando do lado dos dois no meio de tudo. O único que tentava me manter por perto era Niall, e eu ainda o tratava mal. Ele foi um ótimo amigo, foi quem me fez enxergar a burrice que eu tinha feito.
– Harry, eu… – Comecei e as palavras me faltaram. – Eu nem sei por onde começar. Eu te amava mais que a mim mesma. Você me tinha na palma das mãos e me descartou. Eu me senti um lixo, um nada. A pessoa que eu amava estava me pedindo para desistir do meu futuro para acompanhar sua carreira, mas eu não podia abrir mão de mais uma coisa da minha vida por você. Eu passei alguns anos coletando os pedaços de mim, porque eu estava quebrada, e tinha a sensação de que, quanto mais eu pensasse em você, menos eu te conhecia. Tudo o que você precisava fazer era ficar, mas você escolheu ir. – Sua mão alcançou a minha por cima da mesa.
– Você não foi errada por escolher o seu futuro. Jamais conseguiria enxergar você sendo apenas “a namorada de alguma celebridade”, você sempre foi mais do que isso. – Ele disse sincero. – No fim, não me arrependo do que aconteceu. Nós precisávamos sofrer um pouco para entender um ao outro. Eu precisava ficar sem você para entender o quanto você era importante para mim…
– E eu precisava te perder para aprender a me amar. – O interrompi, finalizando sua frase. Nos encaramos por alguns segundos que mais pareceram horas e logo o assunto se desviou.
O jantar terminou num clima muito mais leve. Harry e eu deixamos o restaurante de mãos dadas, seguindo para a minha casa. Talvez nós poderíamos sim nos acertar. Ambos estávamos com mais maturidade e as coisas poderiam ser melhores. Harry me acompanhou até a porta de casa.
-Obrigada pelo jantar. – Disse enquanto procurava as chaves na clutch.
– Obrigada pela companhia. – Ele sorriu de lado. Ele se aproximou para me dar um abraço. Sentir o corpo de Harry junto ao meu era uma das minhas sensações favoritas. Nos separamos apenas o necessário para que nossos olhos se encontrassem, e foi nesse momento que seus lábios se chocaram contra o meu, trazendo aquele sentimento familiar a tona.
Tudo o que ele precisava fazer era ficar e, agora, eu tinha certeza que ele ficaria.

FIM

Nota da autora: Vocês pediram e eu atendi! Aqui está a parte II de My Everything. Espero que gostem!
Twitter: @amanda_ritis | Instagram: @amandar_autora

Outras histórias:
[LONGFICS]
– Oxford University – [Restritas – Bandas /One Direction] – Em andamento.
– Queda e Ascensão – [Restritas – Cantores/Niall Horan] – Em andamento.

[SHORTFICS]
Delicate – [Especial Um Ano FOFIC]
Wildest Dreams – [Especial Um Ano FOFIC]
The 1 – [Especial Um Ano FOFIC]
London Boy – [Especial Um Ano FOFIC]
My Everything – [Especial 10 Anos de One Direction]
– Needy – [Cantores – Louis Tomlinson]
– Small Talk – [Especial Heartbreak Weather]
– Forget You Not – [Cantores – Harry Styles]
– Golden – [Especial Fine Line]
– Cherry – [Especial Fine Line]
– 11. Love Is Easy – [Especial McFly]
– 13. Party Girl – [Especial McFly]
– 21. Foolish – [Especial McFly]