What Are We Waiting For

What Are We Waiting For

  • Por: Clara Iaronka
  • Categoria: Especiais | Verão
  • Palavras: 2625
  • Visualizações: 207

Sinopse: Uma garota desde a época da escola é apaixonada pelo filho da dona de uma loja de decoração, logo sua festa é um luau, ela está super ansiosa para ver o garoto novamente.
Gênero: Romance
Classificação: Livre
Restrição: Nenhuma
Beta: Regina George
Shortfic

Capítulo Único

SETE E CINQUETA DA MANHÃ…
! – Aquela voz soou nos ouvidos da , como se fosse um anjo. Era a sua irmã lhe acordando para ajudá-la a arrumar a sua festa de 16 anos que seria um luau.
– Está certo, já estou indo. – falou levantando da cama e indo ver o sol.
– Olha só o que eu comprei para você irmã. – falou, entregando um pacote dourado muito lindo para .
– O que é isso? – falou abrindo e vendo que era um vestido branco e que ela poderia usar na sua festa. – Nossa muito obrigada, eu irei usar mais tarde na minha festa. – falou rodando em seu quarto.
– Por nada maninha, agora levanta e vamos escovar os dentes. – falou saindo do quarto da menina.
já tinha enviado o convite para todos os seus amigos, porém tinha um amigo mais que especial, era seu melhor amigo, o seu atormento desde o 8º ano na escola. Ele era aquele garoto que gostava de implicar com todos, mas com ela era diferente. Por quê? Porque ele mexia com ela, mas gostava da garota. Sim, eram aquele casal da sala que se gostavam, que nunca rolou nada entre os dois e também nunca assumiam nada.
! – exclamou por sua irmã. – Você sabe dizer quando nós vamos parar de se preocupar com a festa e dançar na chuva? – continuou saindo do quarto procurando sua irmã. De repente saiu do banheiro com a escova de dente na boca, um olhar de deboche sobre o que havia acabado de escutar.
– Menina o que você está dizendo? Primeiro, hoje é o seu aniversário. – falou para a irmã dando 3 pontos muito importantes do dia e lembrando-se do aniversário de sua irmã. – Segundo, você precisa arrumar a festa. E terceiro e último: – A garota continuou retirando a escova de dente da boca. – Você sabe que não está chovendo hoje né?!. – disse obviamente.
– Eu sei, poxa. Você também nem sabe acordar de bom humor. – falou colocando creme dental na escova de dente.
– Quando você tem 22, mora sozinha com a sua irmã e acorda cedo. Não tem como acordar de bom humor, meu anjo. – falou contando nos dedos e debochando da irmã.
– Ai eu entendi isso viu! – foi surpreendida pela fala da garota. – Mudando de assunto, que horas a senhora da decoração vem deixar as coisas da piscina? – continuou saindo do banheiro.
– Ela falou que vinha umas dez horas. Porque? – estranhou a atitude da garota.
Quando ouviu o porquê de , ela tentou enrolar a irmã, porém não conseguiu. A moça dona loja da decoração era a mãe do menino que ela gostava, sim meus caros, era a mãe do , Sra. . Porque se ele ajudasse a mãe a organizar as coisas da festa, ele com certeza ele iria a casa da para ajudar a sua mãe.
, tudo bem com você? – perguntou enquanto sonhava acordada.
– AH! Sim está tudo bem! – respondeu tomando seu leite.
– Mas voltando ao assunto, porque você perguntou sobre a moça da decoração? – voltou ao assunto.
– Ah é porque… ela é mãe de um menino que eu conheço, mas você não conhece ele. – falou rapidamente.
– Hum , menino que você conhece, eu conheço esse carinha, é o não é? – A outra continuou falando com um ar romântico a sua irmã.
– Ah , é ele sim. Como você soube? – A menina, falou com uma careta.
– Uhum tá bom, você não para de falar dele um minuto! – respondeu dando um coração para a irmã.
– Para garota. – falou dando um tabefe na cabeça da outra.
ÀS DEZ HORAS…
Elas ouviram a buzina de um carro, olhou pela janela de seu quarto, e viu aqueles olhos verdes, sim era o . Ela foi a primeira pessoa a descer as escadas e abrir a porta, dando de cara com a mãe de seu “amigo”.
– Olá minha querida, tudo bem? – Dona falou apertando a mão de .
– Oi, senhora , tudo sim, vou chamar minha irmã. – falou olhando para as escadas e gritou pelo nome de .
– Oi , tudo bem? Hoje vai ser incrível. Estou ansioso para a noite. – falou envergonhado.
– Oi . – falou sentido suas orelhas ficarem vermelhas e quentes. – Que bom que você está ansioso, também estou super ansiosa para hoje à noite. – continuou pondo o cabelo atrás da orelha. –Vem comigo, preciso te mostrar uma coisa que é especial para mim. – falou puxando a mão do amigo.
e sua irmã moravam em Orange Country em uma casa perto da praia e a moça tinha um lugar especial, que não havia mostrado a ninguém. Lá ela compartilhava todos os seus sentimentos. O lugar era lindo, bem perto do mar, mas não muito longe de umas plantas que havia flores como: rosas, margaridas e girassóis.
ficou encantado com aquele local, como vocês já sabem eles sempre gostaram um do outro e para ser um cavalheiro, o havia pego a flor favorita de e pôs atrás da orelha de sua princesa. Os dois sentaram-se na areia no meio das flores.
, sabe eu sempre achei que você me odiava. – tentou puxar conversa com .
– Você achava? – falou com um sorriso meia lua. – Eu odiava e amava você ao mesmo tempo, .
– Nossa você é bem direta né ? – falou indignado.
Eles riram e continuou a apreciar a paisagem, após alguns segundos ela sentiu um olhar apaixonado para o seu rosto, ela virou e viu que o garoto lhe encarava, pôs a mão entre os cabelos de e se aproximou da garota deixando seus lábios bem perto um do outro.
, você já sabe que eu fui e ainda sou apaixonado por você né? – falou sentido a respiração de bem perto da sua. confirmou com a cabeça. – E eu sei que você também já gostou, só não sei se ainda gosta, sempre esperei por este momento a sós com você. – continuou.
– Até hoje sim, , eu gosto muito de você. – continuou deixando ele sem palavras.
puxou para mais perto e seu beijo foi selado. Eles realmente aproveitaram o momento, só que como havia dito eles não estavam sozinhos, a irmã mais velha de seguiu eles e atrapalhou o momento.
, irmãozinho, você está bem? Tenho certeza que a mamãe não vai gostar nada se ela souber que não está me ajudando na ornamentação. – falou assustando o mais novo casal.
? O que você está fazendo aqui? Como você soube que eu e a estávamos aqui? – perguntou assustado.
– Não importa, agora vem me ajudar e chama a sua “amiguinha” para ajudar também. – falou “amiguinha” se referindo a .
Eles foram para a casa da e todos ajudaram na ornamentação principalmente e , a irmã da menina estranhou ela e ele estarem grudados a tarde inteira. Ao final da ornamentação eles todos se jogaram na piscina. A única coisa que não sabia era que havia preparado uma surpresa para ela, ele já havia combinado com a futura cunhada e com sua irmã, sim seria na praia em frente à casa da menina, eles teriam que tomar cuidado para não ver e nem saber o que rolava entre o trio.
DE NOITE NA FESTA…
escolheu como seu príncipe, porque todo aniversario de , a família escolhia um menino para acompanhá-la na festa e dessa vez, ela havia escolhido seu amigo. As pessoas que ornamentaram a festa haviam se arrumado na casa da aniversariante.
, como um cavalheiro, esperou nas escadas da casa.
– Boa noite, princesa! Que lindo seu vestido. – falou com um gesto cavalheiro.
– Boa noite! – falou empolgada. – Você gostou da minha roupa? – Ela continuou mostrando o vestido branco e o salto alto fino e preto, que havia ganhado de sua irmã no natal do ano passado.
– Achei lindo mesmo e essa coroa de flores está linda. – Ele se referiu a coroa de girassóis que usava na cabeça.
– Obrigada! – falou envergonhada.
SEGUNDOS DEPOIS…
– Boa noite, sejam bem-vindos a minha festa! – falava à medida que os seus convidados chegavam.
Todos os amigos que havia chamado estavam curtindo a festa, principalmente , para qualquer lugar que a garota ia ele estava atrás dela.
– Olá , como você está? – perguntou a amiga, abraçando ela.
– Ei amiga, preciso te perguntar uma coisa. – falou empurrando e levando a um lugar em que nenhuma pessoa escutasse.
– Fala, . – falou impaciente.
– Você e o estão juntos? – A garota perguntou curiosa
– Não né! – falou fazendo uma careta.
– Mas parece e muito. – falou saindo e deixando sozinha.
Após alguns minutos chamou para cantar os parabéns, após os parabéns foi calçar outra sandália, mas dessa vez não era alta e sim uma sandália que estava em meio aos presentes e que havia ganhado de .
Quando chegou novamente na festa não havia mais ninguém por lá, nem mesmo sua irmã. Havia um caminho de flores que levava para a praia, lá se encontrava todos os amigos, que disseram que iam embora da festa, sim era a surpresa de para sua paixão, o garoto ao ver descer as escadas da casa para a praia, ficou vermelho.
– Mas o que é isso? – perguntou confusa.
– Isso é a representação de quanto eu gosto de você. – falou abrindo os braços e mostrando a .
– Nossa , você fez tudo isso para mim? – Ela falou emocionada.
– Sim! – falou ajudando a pisar na areia. – você aceita ser minha namorada? –Ele continuou deixando, ela paralisada.
– SIM! Eu aceito. – falou sem dar espaço para o garoto falar.
entregou o anel para e eles selaram mais uma vez, mas agora em compromisso. Depois de algum tempo eles foram a sós para o lugar que ela havia mostrado ao namorado mais cedo, lá ele havia preparado um jantar apenas a luz da lua.
– Nossa, eu nunca achei que um garoto faria isso para mim. – falou, bebendo vinho.
– Mas eu não sou qualquer menino, agora eu sou seu namorado. – Ele falou deitando no colo da garota.
– É agora sim, eu estou muito feliz, esse é o melhor aniversário de todos. – Ela respondeu alisando os cabelos macios e sedosos do garoto.
Eles aproveitaram a noite, apenas as uma e meia da manhã eles foram para casa, quando eles chegaram estavam todos dormindo e a irmã de já havia ido para casa, então ele teve que dormir na casa da mais nova namorada.
, ! – tentava acordar o menino, e dar uma ideia que ela havia pensado. – Vamos para a praia já são dez horas, me ajuda a acordar os outros e liga para os nossos amigos.
– Hm gostei, pega as cornetas e me ajuda. – falou empolgado levantando da cama.
Às onze horas estavam todos juntinhos na praia e jogando no mar. revelou um segredo que nem mesmo a sua irmã sabia, tocou violão e cantou a música preferida do garoto.
Assim como ele todos estavam alegres e felizes, além do mais quem é que não gosta de passar um verão junto com as pessoas que se gosta?

FIM!