Atualizações

Review: Confetti, o 6° álbum da Little Mix

Sendo sincera, demorei a achar uma maneira para começar esse review… Estou aqui há tanto tempo e amo tanto as quatro, agora mulheres, que não sabia ao certo como colocar em palavras o Confetti. Ele é o sexto álbum do girlgroup e o primeiro com a RCA, a nova gravadora. Com avaliação 74 no metacritics, a obra conta com 13 músicas Pop, R&B e com uma leve pitada de nostalgia. 

O que mais chocou foi o fato desse álbum não ter tanta relação com canções amorosas como os trabalhos anteriores do grupo, e sim à amor próprio e valorização de quem você é. 

Começando pelo lead-single Break Up Song, uma música nostálgica que nos leva até os anos 80 com sua melodia. Lançada em março, essa canção já nos fez entender o caminho que o álbum tomaria: Algo bem colorido e dançante. Seu segundo single foi Holiday, seu ritmo dançante seria perfeito para uma tarde de verão, ou férias, como o próprio título diz. O terceiro single é Sweet Melody, que atingiu #1 lugar no iTunes mundial no dia de lançamento, e seu vídeoclipe já conta com mais de 26 milhões de visualizações.

Na canção Not A Pop Song elas cantam “Se eu sou um guilty pleasure, quero essa vida para sempre“, o que bate com o que Jesy uma vez disse “Eu não quero que sejamos guilty pleasure de ninguém, pois somos muito talentosas!“, e a Miss Nelson não estava errada, pois são o maior girlgroup do mundo. Na faixa faixa tambem acontece um pequeno shade para Simon Cowell, proprietário da Syco, onde elas tinham contrato antes de migrar para a RCA. Na letra elas cantam “I don’t do what Simon Says“, o que em português significa algo como “Não faço o que o ‘seu mestre mandou’“, referência à uma brincadeira infantil, mas em inglês ocorre o duplo sentido, ficando como “Eu não faço o que Simon diz”. Quando questionadas sobre isso, disseram que foi uma brincadeira e que Simon também a consideraria como uma brincadeira. 

A faixa Happiness traz a sensação de libertação, como fica explícito na frase “Percebi que no momento que te deixei livre, eu achei o amor em mim“, e se completa com a faixa Confetti, onde há literalmente uma chuva de confetes caindo. Uma música completamente dançante e com a marca “Little Mix” nela. 

Chegamos na faixa Nothing But My Feelings. Embora tenha uma melodia seja, de certa forma, doce, sua letra é bem diferente. A música fala sobre bootycall, mas na visão de uma mulher, e em como ela sabe que não darão certo e que aquilo não irá passar de uma noite. Sua companheira é Rendezvous, que vem do francês e significa “encontro escondido”. Essa tem um sample de Sway, por Dean Martin. Jade disse que o mais desafiador nessa música foi o fato de que todas cantam num tom mais grave do que nas outras músicas que possuem.

Gloves Up tem um dos vocais mais potentes de todo o álbum e pode ser ligada a outra do LM3 – Get Weird – e ser considerada como uma Down and Dirty 2.0, pois conta como elas vão atrás de seus objetivos. Outro ponto alto desse disco é a canção My Love Won’t Let You Down, uma balada calma e confortante. Perrie disse que esta é sua favorita pois parece que elas estão cantando uma para a outra. Leigh-Anne também comentou sobre ela, dizendo que é uma de suas favoritas por ser uma música onde todas tem a chance de brilhar, além de ser bastante emotiva.

Já em A Mess (Happy 4 U) conta sobre um relacionamento que chegou ao fim onde, embora o eu lírico esteja “quebrado”, ele está feliz por seu ex-companheiro ter achado alguém que o faz bem. Isso fica claro nas frases do refrão “Se eu não posso ser feliz com você, eu estou feliz por você“. If You Want My Love é um R&B pesado, que lembra bastante TLC e Destiny’s Child. A faixa de fechamento é Breath. Ela é como a cereja do bolo nesse álbum, o finaliza de forma sutil e calma. O curioso sobre essa canção é que em seu início e em alguns momentos há a presença de um sample de Harry Styles gritando “Hey”. Isso foi confirmado por um dos produtores da música.

Em resumo, Confetti é uma explosão de alegria, um álbum leve e agradável de se ouvir. Há quem diga que esse é o melhor trabalho dela até agora… E você, o que acha?

Minhas canções favoritas nesse exato momento são Nothing But My Feelings e Gloves Up, e a sua?

Por Amanda Ritis.