Atualizações

[REVIEW] Rare, o novo álbum da Selena Gomez

[REVIEW] Rare, o novo álbum da Selena Gomez

Depois de cinco anos de espera, Selenators finalmente puderam ter um momento de glória com o último lançamento de Selena Gomez: Rare. Claro que Selena nunca deixou de fazer participações em músicas de outros artistas, incluindo músicas para a série que ela é produtora executiva (13 Reasons Why), ou seja, ela não sumiu como Tiago Iorc.

Mas isso nunca foi suficiente para os fãs, eles esperavam um álbum, e não algumas músicas soltas. E aqui está, finalmente.

Sendo seu terceiro álbum, ele conta com um pop suave e confiante, agradável de ouvir, que trata de corações partidos e amor próprio. A cantora também disse em uma entrevista ao Jimmy Fallon que havia muita coisa acontecendo em sua vida e ela tinha o direito de dizer o lado dela da história, “Eu senti que aquilo foi muito libertador”, disse também que a sensação de ter feito o álbum e deixado as palavras saírem foi como se ela pudesse finalmente respirar.

Contando com 13 faixas, o álbum contém letras profundas e com bastante significado, são letras altamente identificáveis, afinal, quem nunca passou por um momento onde teve que se libertar de alguém para conseguir ver todas as belezas da vida?

Selena explorou algumas variantes durante todo o álbum, que vão de baladas, como Lose You To Love Me, até electro-pop, como Dance Again. Mas, se reparar bem a fundo, Rare continua sendo um cd bastante linear. Ring, é um R&B com influência latina e por isso é uma das minhas músicas favoritas da obra até agora. People You Know, além de ser agradável ao ouvido, traz uma letra sobre como as pessoas mudam, o que a torna mais maravilhosa ainda.

Além de ter nota 76 no metacritics, Rare também ficou em décimo lugar como “Melhor álbum de 2020”, e em primeiro lugar como “Álbum mais discutido de 2020”, e, de acordo com Variety, “Rare é um dos melhores álbuns lançados atualmente, sendo uma obra sofisticada, precisamente escrita e produzida por experts”.

Não é segredo para ninguém que Selena Gomez é uma artista de sucesso, mesmo não tendo uma voz poderosa e sim, suave e calma, mas se dissessem há cinco anos atrás que ela lançaria um CD que seria tão comentado como Rare, eu não acreditaria… E você?

Escrita por Amanda Ritis