Atualizações

[REVIEW] Walls, o novo álbum de Louis Tomlinson

[REVIEW] Walls, o novo álbum de Louis Tomlinson

Louis Tomlinson foi o último One Direction a lançar seu álbum de estréia como artista solo. No último dia 31, Walls veio ao mundo tendo como sua principal característica ser algo bem pessoal. E com o conhecimento prévio de uma década inteira ouvindo composições de Louis, nós já imaginávamos que esse seria um cd com bastante emoção.

Todos os outros membros do One Direction decidiram arriscar no seu próprio ritmo, nos deixando completamente boquiabertos com o quão diferentes são, e com Louis não foi diferente. Acredito que muitas directioners e louies esperavam algo bastante pop, mas foram surpreendidas quando Tomlinson mostrou que seu tipo de música era o indie pop e indie rock, mesmo não abandonando de forma severa suas raízes no britpop. Podemos sentir, também, bastante influências de The Fray e Oasis no álbum, que são umas das bandas favoritas de Tommo.

O álbum contém 12 faixas, onde cada uma das músicas conta uma história, tendo o próprio Louis lançado um track by track. O disco demorou mais do que o esperado para de fato chegar até nós, mas, isso aconteceu porque, de acordo com o próprio autor, ele queria que o álbum fosse verdadeiro, não se resumisse a algo para tocar em rádios, e diz também que essa foi uma das partes mais difíceis de compor para sua carreira solo, pois estava acostumado a compor para a banda, canções que fossem soar bem numa rádio, sendo muitas vezes sem sentimentos.

Da animada Kill My Mind para a triste Two Of Us, é possível perceber a diversidade de Louis e o quão sincero ele consegue ser em suas músicas. Relembrando da época do início da One Direction e de quando Eleanor, sua namorada, estava na universidade, Louis faz com que a gente se sinta próximo dele, já que ele compartilha cada sentimento. 

Como o próprio cantor afirmou, ele não estava preocupado com os charts, mesmo assim, Walls alcançou a primeira posição em mais de 30 países e debutou em 9º lugar na Billboard, o que fez com que ele agradecesse diversas vezes a seus fãs que o apoiaram desde sempre.

Sendo uma pessoa que não viveu a época da One Direction, eu, Camila, posso dizer que se antes só com seus singles, Louis Tomlinson já tinha me conquistado, com Walls ele tomou todo o meu coração para si. Já eu, Amanda, como uma pessoa que acompanhou a evolução, não só na carreira, mas de Louis como pessoa, não poderia estar mais orgulhosa por mais esse trabalho.

E vocês já ouviram o álbum? O que acharam? Não esqueçam de nos contar qual a sua música favorita também.

A gente decidiu compartilhar com vocês nossas músicas favoritas, então aqui vai:
Camila: minha música favorita no momento (porque ela muda a cada 5 minutos) é Only For The Brave
Amanda:  Eu juro que tentei escolher só uma, mas eu estou completamente apaixonada no momento por Always You e Fearless. Maaaaas, assim como a Cami, deve mudar daqui cinco minutos… kkkkkkk

Escrita por Camila Fieri e Amanda Ritis